Página Inicial NotíciasInternacional Maratona de Tóquio cancela inscrições não-elite devido ao Coronavírus
Maratona Tóquio cancela inscrições Coronavírus

Maratona de Tóquio cancela inscrições não-elite devido ao Coronavírus

A Maratona de Tóquio 2020, a realizar-se no próximo dia 1 de março, será limitada à competição dos atletas de elite, tal como a prova de cadeira de rodas. O site oficial da prova ainda não fez o anúncio, mas vários meios de comunicação social japoneses e internacionais estão já a adiantar que os cerca de 38.000 inscritos que constituem o “grande pelotão” não poderão participar. A decisão resulta dos efeitos provocados pelo Coronavírus, cujo epicentro está localizado na vizinha China.

Assim sendo, aguarda-se o anúncio oficial da organização da prova, que será um duro revés para os milhares de participantes, em particular os internacionais, cujos processos logísticos já devem estar em marcha.

De realçar que, na última 5ª feira, o COVID-19 fez a sua primeira vítima mortal no Japão, o que pode ter feito “soar os alarmes”. Importa também referir que, dias antes, a organização da prova já tinha solicitado aos participantes inscritos residentes na China que abdicassem da sua participação nesta edição, dando a possibilidade de devolução do dinheiro ou de transição da inscrição para a edição de 2021 da Maratona de Tóquio.

No que toca à elite, a prova representa a derradeira oportunidade de vários atletas, especialmente japoneses, conseguirem uma marca de qualificação para a tão ambicionada Maratona Olímpica deste ano.

 

Acordo entre a Maratona de Tóquio e os Jogos Olímpicos?

Pessoalmente, não coloco de lado a hipótese desta medida de prevenção estar sob a alçada de uma outra medida mais abrangente. E penso desta forma porque esta decisão surge poucos dias depois de Yoshiro Mori, Chefe Executivo dos Jogos Olímpicos de Tóquio, ter declarado que não estava a considerar a hipótese de cancelar os Jogos deste Verão.

Contudo, o alastramento do coronavírus durante a Maratona de Tóquio do próximo mês colocaria os Jogos Olímpicos de 2020 completamente em xeque. Seria o verdadeiro pandemónio, pelo que limitar o evento a cerca de 200 participantes significa reduzir esse risco de forma muito acentuada e manter a alta probabilidade da realização dos Jogos de Verão.

Concluindo, não seria de todo surpreendente que os responsáveis pelo projecto olímpico tivessem “negociado” esta medida com a organização da Maratona de Tóquio. Até porque, e tem alguma lógica que assim seja, alguns dos envolvidos deverão pertencer a ambas as organizações. Fica a teoria.

 

Fonte: Japan Today

Imagem do Artigo: nakashi from Chofu, Tokyo, JAPAN / CC BY-SA

 

Artigos que também deverás gostar

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Maratona de Tóquio cancela inscrições não-elite devido ao Coronavírus