Maratona de Boston 2020 – Homens vão partir primeiro que as Mulheres

Maratona de Boston 2020 - Homens vão partir primeiro que as Mulheres

A Maratona de Boston vai inverter os papéis de partida da frente feminina e masculina, na sua próxima edição (124ª). No próximo dia 20 de abril, os homens da elite partirão primeiro do que as mulheres deste mesmo grupo. A partida da corrida masculina terá início às 09h37 da manhã, enquanto a frente feminina irá fazer-se à estrada 8 minutos depois (09h45).

Mas não é tudo! Será também a primeira vez que a prova terá uma partida exclusiva para os atletas paralímpicos (09h50), a acontecer 5 minutos depois da elite feminina começar a correr. A partir das 10h00, começam a sair as várias vagas do grande pelotão de atletas inscritos. As provas de cadeira de rodas e handcycle (ciclismo adaptado) continuam a ser as que abrem o evento.

 

A perda de cobertura da frente feminina na aproximação à meta

Com esta alteração, a organização da Maratona de Boston pretende dar mais atenção à prova feminina. Na verdade, a medida implementada em 2004, que colocou as mulheres a partir primeiro que os homens, também visava este objectivo. Porém, os responsáveis pelo evento entendem agora que a prova feminina tem perdido muita cobertura no seu momento mais importante, devido ao aproximar da frente masculina que, como é natural, por virem num ritmo mais rápido, se intensifica com a aproximação à meta.

Desi Linden, a norte-americana que venceu a prova em 2018, já tornou pública a sua satisfação referente a esta mudança:

Estou especialmente empolgada com a cobertura adicional no final da prova — os olhos de todo o mundo estarão em nós à medida que nos aproximemos da meta em Boston.

 

Por outro lado, a estratégia de partida que agora vai ser colocada de lado pela organização deixava em aberto a vaga hipótese do líder masculino ultrapassar a líder feminina durante a prova. Um aspecto que, em termos de segurança, também não é visto como a solução ideal, pois ambos os líderes são escoltados por um largo número de veículos.

Nos próximos dias, com certeza irão chegar mais reacções a estas alterações. No entanto, o feedback mais importante fica reservado para o dia 20 de abril, quando esta estratégia ganhar efeitos prácticos na 124ª Maratona de Boston.

 

Fonte: ESPN

Créditos Foto de Capa: JD

 

nv-author-image

Renato Sousa

Ligado ao desporto desde pequeno, deixei definitivamente o futebol em 2016 para me dedicar afincadamente ao atletismo. Desde aí que muita coisa mudou na minha vida, a qual não imagino sem o desporto. O Vida de Maratonista nasce então da minha paixão pelo atletismo, com contribuição especial da minha Licenciatura em Engenharia Informática, que me permitiu criar a solo este espaço de aventura e opinião, e torná-lo agradável a quem o visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.